Resenha: A Terra Inteira e o Céu Infinito – Ruth Ozeki

barrinha-divisoria-16

A_TERRA_INTEIRA_E_O_CEU_INFINITO_1396105646B.jpgA Terra Inteira e o Céu Infinito

Autor: Ruth Ozeki
Editora: Casa da Palavra
Gênero: Literatura Estrangeira
Páginas: 462
Pontuação: 🌺 🌺 🌺 🌺 🌺
Sinopse: que acontece quando um diário perdida encontra o leitor certo? Numa remota ilha do Canadá, a escritora Ruth cata mariscos com o marido na praia quando se depara com um saco plástico coberto de cracas que envolve uma lancheira da Hello Kitty. Dentro, encontra um livro de Marcel Proust, Em Busca do Tempo Perdido, e se surpreende ao descobrir que o miolo, na verdade, é o diário de uma menina japonesa, Nao. A sacola misteriosa, segundo os rumores dos habitantes, é mais um dos destroços do último tsunami que devastou o Japão e foi levado pelas correntezas até a ilha.

Desde então, Ruth é tragada pela história do diário de Nao, uma menina que, para escapar de uma realidade de sofrimento – de bullying dos colegas e de um pai desempregado e suicida –, resolve passar seus últimos dias lendo as cartas do bisavô, um falecido piloto camicase da Segunda Guerra Mundial, e contando sobre a vida da avó, uma monja budista de 104 anos.
O que Ruth não esperava era que o diário iria levá-la a uma viagem onde ela e Nao podem finalmente se encontrar fora do tempo e do espaço.”


A Terra Inteira e o Céu Infinito conta a história de duas personagens que o destino acaba cruzando de uma maneira única. Ruth, uma escritora que mora em uma ilha do Canadá e uma jovem japonesa chamada Naoko Yusutani.

Ruth acaba encontrando uma lancheira da Hello Kitty na praia, toda embrulhada em vários sacos plásticos e quando ela abre essa lancheira ela encontra um relógio, algumas cartas e um diário da Naoko, e ela acha que essa lancheira veio logo depois do tsunami que aconteceu no Japão em 2011.

E neste diário a Nao vai contando a sua história, mas a meta dela para este diário é contar a vida de sua bisavó, uma monja budista chamada Jiko. E assim que a Ruth encontra o diário, ela vai lendo, então o livro é dividido entre os capítulos narrados pela Ruth e capítulos que são narrados pela Naoko.

A história da Naoko é que ela foi criada nos Estados Unidos, ou seja, sempre se considerou uma americana, mas assim que seu pai foi demitido do emprego, ele voltou para o Japão com a família, e com isso ela teve que se adequar com uma nova cultura, e a Nao vai narrando toda essa adaptação ao longo do diário, sobre a escola onde ela estuda, onde não tem amigos e sofre bullying por todos e quando falamos de bullying no Japão a coisa é séria, pois como alguns sabem o Japão é um dos países que mais comentem bullying no mundo. E a Naoko conta os diversos ataques que recebe de todos os companheiros de sala, tapas, xingamentos, cortes e tantas outras coisas sórdidas. E ela também conta sobre o pai dela, que está constantemente tentando cometer suicídio e ela quando ela teve a ideia de escrever este diário foi quando decidiu que iria se suicidar, só que antes disso, queria escrever sobre a Jiko e suas experiências ao longo de seus 104 anos.

Com o desenrolar da leitura Ruth acaba entrando em um conflito, pois ela quer saber mais sobre a Naoko, se ela realmente existe, se tem como ela poder ajudar, conhecer mais a Jiko e também acaba nos mostrando que ela é cheia de conflitos internos e medos.

Uma das coisas que eu mais amei neste livro foi que não falta assunto e tema, a autora mostra para gente muita cultura e a história aborda de modo muito sutil, por exemplo, mecânica quântica, cracas, giro do pacifico, bullying, preceitos budistas, suicida, entre diversos outros assuntos e o melhor sem deixar que o leitor fique confuso.

A Terra Inteira e o Céu Infinito foi de longe o melhor livro que eu li em 2015 até agora, ele tem um alto nível de conhecimento, e eu me inseri muitas vezes dentro do livro, querendo fazer as mesmas coisas que os personagens fazem, como por exemplo, meditar. Aconselho esse livro para todos, mas sei que não é um tipo de livro que todos gostem por ser sempre constante e não ser aquele tipo de livro “montanha-russa”.
 

🌺 Página 363

“Nada como saber que não há mais muito tempo de sobra para te fazer dar mais valor aos pequenos momentos da sua vida.”

C360_2015-03-11-15-05-15-023
 barrinha-divisoria-16

Anúncios

4 comentários sobre “Resenha: A Terra Inteira e o Céu Infinito – Ruth Ozeki

  1. Vi sua resenha no Skoob e adorei, então entrei para ver seu blog estou amando.
    Eu terminei de ler esse livro ontem e eu simplesmente odiei as partes da Ruth, pois fiquei mais interessada nas partes da Naoko, mas o livro tem uma mensagem ótima e eu realmente gostei, mesmo tento odiado as partes da Ruth.

    Continue com esse blog e com as resenhas, eu amei.
    Deb.

    Curtir

    • Oi Deb, fico feliz que tenha gostado da resenha e do blog, isso é muito gratificante para mim.
      E eu confesso que algumas vezes a Ruth me cansou e mas o que eu mais gostava nos capítulos da Ruth era o Oliver, pois ele é muito inteligente e isso me motivava a ler sem me desanimar tanto, mas com toda certeza os capítulos da Naoko prendem mais.
      Obrigada pelo comentário amorzinho. ❤
      Beijos.

      Curtir

  2. A capa desse livro sempre me intrigou, mas eu nunca fui atrás para saber sobre que se tratava. Não resisti a sua resenha, e agora não só a capa me atraem, mas essa história. Que isso gente. Sendo ficção ou não, o livro parece ser fantástico. Já estou desejando loucamente xD

    Parabéns pela resenha, Gabriella. Eu adorei 😉
    Beijos
    (Peu)

    Curtir

    • Confesso que comprei esse livro sem ler a sinopse e só pela capa, quando chegou em casa o livro fiquei meio receosa se o livro seria interessante ou não, mas olha, eu me surpreendi muito, não tinha vontade de dormir só para continuar lendo de tão bom, estou indicando esse livro para todos, idfhoishoigh, pois sem dúvida é um livro de muito aprendizado com uma história sensacional.
      Fico feliz que tenha gostado da resenha, e obrigada por comentar Peu. ❤
      Beijinhos.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s