Resenha: O Inverno das Fadas – Carolina Munhóz

barrinha-divisoria-16

O_INVERNO_DAS_FADAS_1340055071B O Inverno das Fadas

Autor: Carolina Munhóz
Editora: Fantasy – Casa da Palavra
Gênero: Literatura Nacional
Páginas: 304
Pontuação: 🌺 🌺 🌺
Sinopse: “EXISTEM PESSOAS NORMAIS em nosso planeta. Homens e mulheres simples que nascem e morrem sem deixar uma marca muito grande ou mesmo significativa na humanidade. Mas existem outros que possuem talentos inexplicáveis. Um brilho próprio capaz de tocar gerações. Como eles conseguem ter esses dons? De onde vem a inspiração para criar trabalho maravilhosos? São cantores com vozes de anjos, artistas com mãos de criadores e escritores imortais. Existe uma explicação para isso.
Sophia é uma Leanan Sídhe, uma fada-amante, considerada musa para humanos talentosos. Ela é capaz de seduzir e inspirar um homem a escrever um best-seller ou criar uma canção para se tornar um hit mundial. A fada dá o poder para que a pessoa se torne uma estrela, um verdadeiro ícone, ao mesmo tempo em que se aproveita da energia do escolhido para alimentar-se.
Causando loucura.
E MORTE.”


O Inverno das Fadas conta a história de Sophia, que é uma Leanan Sídhe, ou seja, uma fada amante que tem o poder de seduzir, atrair, encantar e influenciar grandes talentos mundiais, o seu escolhido acaba se apaixonando completamente pela Leanan, tornando a fada sua musa inspiradora, assim conseguindo fama e prestigio, mas tudo tem seu preço, e no final a Sídhe consome toda sua energia, levando-o à morte.

A história do livro é toda voltada ao amor que Sophia acabou nutrindo por um de seus escolhidos, William Bass, um escritor de uma pequena e mística cidade da Inglaterra, e quanto mais ambos lutam por esse amor, mas próximo de seu fim William fica, pois por ser uma Leanan Sídhe, Sophia acabava se alimentando da vitalidade do escritor, para se manter viva. E a grande questão do O Inverno das Fadas é quem vai sobreviver a este amor já que o processo de sedução se iniciou.

Confesso que o William Bass não me conquistou, no começo eu ainda me simpatizei com ele, mas depois de entender melhor a história e perceber que ele não era tudo aquilo que eu esperava.

Outra coisa que me decepcionou no livro foi o fato da autora não ter explorado mais os personagens secundários, pois temos Lorena, uma fada que nutre um amor incondicional pela Sophia e Guillian, um elfo que é seu melhor amigo que também nutre uma paixão pela Leanan, só que me pareceu muito frio a relação deles do modo como foi escrito, apesar da autora deixar claro do que ambos sentiam pela Sophia as cenas não foram tão bem elaboradas, e quando Lorena e Guillian aparecem para ajudar a fada amante, percebi o quanto ela era egoísta e mesquinha e isso me chateou um pouco.

Mas, a história como um todo é belíssima e cativante, cheia de magia e sedução, talvez a minha opinião possa oposta de outras pessoas, mas acredito que é mais questão de gosto pelos personagens mesmo, talvez por eu ter me decepcionado com o William tenha com que o livro não fosse tão bom. Considero O Inverno das Fadas uma boa leitura, mas sem muitas grandes expectativas.

🌺 Página 51

“Cada um recebe o fardo que merece. Ou melhor, aguenta.”

C360_2015-03-21-02-36-55-178

barrinha-divisoria-16

Anúncios

4 comentários sobre “Resenha: O Inverno das Fadas – Carolina Munhóz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s