Resenha: O Caçador de Pipas – Khaled Hosseini

barrinha-divisoria-16

O_CACADOR_DE_PIPAS_1380684667B

O Caçador de Pipas

Autor: Khaled Hosseini
Editora: Globo Livros
Gênero: Literatura Estrangeira
Páginas: 352
Pontuação: 🌺 🌺 🌺 🌺 🌺
Sinopse: Publicado em mais de 70 países e com a marca de mais de 2 milhões de exemplares vendidos apenas no Brasil, o aclamado livro O caçador de pipas, romance de estreia de Khaled Hosseini, está de volta em nova edição. O romance narra a tocante história da amizade entre Amir e Hassan, dois meninos que vivem no Afeganistão da década de 1970. Durante um campeonato de pipas, Amir perde a chance de defender Hassan, num episódio que marca a vida dos dois amigos para sempre. Vinte anos mais tarde, quando Amir está estabelecido nos Estados Unidos, após ter abandonado um Afeganistão tomado pelos soviéticos, ele retorna a seu país de origem e é obrigado a acertar as contas com o passado.  Transformado em filme em 2007 pelo diretor Marc Forster, o romance há 10 anos emociona leitores de todo o mundo. A nova edição publicada pela Globo Livros traz um prefácio especial do autor, no qual ele fala sobre a semelhança entre a ficção de O caçador de pipas e sua própria realidade depois de 27 anos exilado nos Estados Unidos, e já tendo concluído seu primeiro romance, Khaled Hosseini retornou a Cabul e passou por algumas das mesmas experiências vividas pelo personagem Amir ao regressar a sua cidade natal. A edição também conta com nova tradução, de Claudio Carina, e nova capa, assinada por Victor Burton.
Representante da Organização das Nações Unidas desde 2006, Hosseini faz dos seus livros não apenas uma narrativa sensível e encantadora, mas também um canal de denúncia, desabafo e engajamento social necessário para o debate de grandes questões morais e humanitárias que afetam o século XXI.”

O Caçador de Pipas conta a história da amizade entre Amir e Hassan, dois meninos que vivem vidas diferentes no Afeganistão na década de 70. Amir é rico e vive em busca da aprovação de seu pai, por sua vez Hassan é um hazara que é filho do empregado que trabalha na casa do pai de Amir, Ali, que não sabe ler e nem escrever.

Amir e Hassan passam por quase todas suas infâncias juntos, assistindo filmes de caubói americanos, lendo antigas histórias e participando de torneio de pipas. Hassan sempre esteve ao lado de Amir, mostrando-se leal o tempo todo, não importa o que tivesse de passar por ele. E em um desses campeonatos de pipas, no inverno de 1975, Amir teve a chance de mostrar para Hassan que também é leal ao amigo, mas acaba por desperdiçar sua chance. Com a invasão soviética que estava acontecendo no Afeganistão Amir e seu pai se refugiaram nos Estados Unidos, porém vinte anos depois Amir volta a sua cidade natal para acertar contas com o passado que por tanto tempo tentou esquecer.

O Caçador de Pipas é um livro simplesmente extraordinário, de uma escrita simples e de uma história única que te faz refletir e mudar conceitos.  Aborda a questão da amizade verdadeira, da união, da lealdade, do arrependimento, das conquistas, das dificuldades e do amor.

Os personagens me cativaram do início ao fim, todos são muito bem desenvolvidos, mostrando que cada um tem seus próprios problemas e diversas maneiras de viver e acho isso muito bom, pois no decorrer da história você acaba se identificando com alguns personagens.

Uma das coisas que eu mais gostei do livro é que o autor passa para o leitor até que ponto somos capazes de ir pelo peso do arrependimento e que temos que dar valor ao presente e as coisas importantes que a vida nos proporciona, pois pode ser tarde demais.

Acredito que tenham várias histórias parecidas com a de Amir e Hassan, por isso o livro nem parece uma história de ficção, pois você se sente como se estivesse na realidade, simplesmente não consigo descrever a magia deste livro.

Khaled nos mostra que mesmo em meio às desgraças, o destino pode se tornar generoso.

🌺 Página 63

“Eu sei que dói dizer isso”, explicou baba, dando de ombros. “Mas é melhor sentir a dor da verdade do que se consolar com uma mentira.”

C360_2015-03-28-17-45-34-098

barrinha-divisoria-16

Anúncios

2 comentários sobre “Resenha: O Caçador de Pipas – Khaled Hosseini

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s