Resenha: A Casa das Orquídeas – Lucinda Riley

barrinha-divisoria-16

A_CASA_DAS_ORQUIDEAS_1364863659BA Casa das Orquídeas

Autor: Lucinda Riley
Editora: Novo Conceito
Gênero: Literatura Estrangeira
Páginas: 558
Pontuação: 🌺 🌺 🌺 🌺
Sinopse: “Quando criança, a pianista Júlia Forrester passava seu tempo na estufa da propriedade de Wharton Park, onde flores exóticas cultivadas pelo seu avô nasciam e morriam com as estações.
Agora, recuperando-se de uma tragédia na família, ela busca mais uma vez o conforto de Wharton Park, recém-herdada por Kit Crawford, um homem carismático que também tem uma história triste. No entanto, quando um antigo diário é encontrado durante uma reforma, os dois procuram a avó de Júlia para descobrirem a verdade sobre o romance que destruiu o futuro de Wharton Park…
E, assim, Júlia é levada de volta no tempo, para o mundo de Olívia e Harry Crawford, um jovem casal separado cruelmente pela Segunda Guerra Mundial, cujo frágil casamento estava destinado a afetar a felicidade de muitas gerações, inclusive da de Júlia.”

Se eu pudesse resumir o livro em poucas palavras, elas seriam: Gerações de famílias interligadas, onde todas essas histórias foram recheadas de grandes amores e grandes desilusões. A Casa das Orquídeas se inicia no presente, contando a história de Julia Forrester que é uma talentosa pianista que perde o marido e o filho de uma vez só em um acidente trágico, com o quadro clinico depressivo ela volta a morar perto da família, na Inglaterra, e acaba descobrindo que Wharton Park, uma propriedade onde passou a infância, estava sendo vendida.
 
Junto com sua irmã, Alícia, Júlia teve a oportunidade de voltar a Wharton Park, nessa visita, ela reencontra Kit Crawford um dos herdeiros da casa, só o que Júlia não sabia que acabaria descobrindo um diário que contava a história do último herdeiro de Wharton Park, Harry.
 
Com o diário voltamos ao tempo da Segunda Guerra Mundial, com as histórias de OliviaHarry Crawford Bill, onde temos histórias de amores verdadeiros, desilusões, compaixão e amizade.
 
Depois que o diário aparece, passamos a viajar entre dois mundos: presente e passado, onde conhecemos mais a fundo a história dos quatro protagonistas e como eles estão entrelaçados e ligados de uma forma intima. A Casa das Orquídeas é aquele típico livro onde se você fala algo a mais sobre ele, já acaba estragando alguns dos seus mistérios, para aqueles que amam mistérios esse é um livro perfeito, cheio de segredos e reviravoltas estonteantes.
 
Para ser honesta, não foram todos os personagens que me agradaram, mas nada que me incomodou durante a leitura, o livro tem uma narrativa gostosa e fácil, em certos momentos atinge um ritmo extremamente agradável.
 
O livro é maravilhoso, em todos os sentidos possíveis. Com o final, concluímos que o amor e o perdão levam todas as coisas para o seu devido lugar no tempo certo. Gostaria de falar muito mais sobre o livro, mas prefiro esperar vocês lerem, onde irão descobrir todos os mistérios e poderão tirar suas próprias conclusões.
 

🌺 Página 170
“Talvez, mas se lembre de que o amor não pode ser fabricado. Se não existe, não há como mudar essa ausência…”

 
C360_2015-04-03-02-09-40-304

barrinha-divisoria-16
Anúncios

3 comentários sobre “Resenha: A Casa das Orquídeas – Lucinda Riley

  1. Pingback: Resenha: A Garota do Penhasco – Lucinda Riley | Reino das Palavras

  2. Sabe aquele livro que você pega nos braços e o chama de “Xodó”? foi o que aconteceu comigo quando acabei a leitura de A Casa Das Orquídeas.
    O Livro foi de longe o melhor de romance que eu já li.Lucinda soube me cativar com suas grandes reviravoltas.
    Parabéns pela resenha ficou Incrível.
    Abraços!!

    Curtido por 1 pessoa

    • Nossa, a Lucinda sabe como cativar e dar muitas e muitas reviravoltas na trama, sério, fico pasma com isso, terminei de ler A Garota do Penhasco, que é dela e estou simplesmente apaixonada pelos personagens e pelo enredo, sério. E a Casa das Orquídeas é meu baby também, pois muito amor.
      E que bom que gostou da resenha, beijinhos, adorei o comentário. ❤

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s