Resenha: Água para Elefantes – Sara Gruen

barrinha-divisoria-16
GUA_PARA_ELEFANTES_1360957006BÁgua para Elefantes
 

Autor: Sara Gruen
Editora: Arqueiro
Gênero: Literatura Estrangeira
Páginas: 272
Pontuação: 🌺 🌺 🌺 🌺
Sinopse: “Desde que perdeu sua esposa, Jacob Jankowski vive numa casa de repouso, cercado por senhoras simpáticas, enfermeiras solícitas e fantasmas do passado. Por 70 anos Jacob guardou um segredo. Ele nunca falou a ninguém sobre os anos de sua juventude em que trabalhou no circo. Até agora. Aos 23 anos, Jacob era um estudante de veterinária. Mas sua sorte muda quando seus pais morrem num acidente de carro. Órfão, sem dinheiro e sem ter para onde ir, ele deixa a faculdade antes de prestar os exames finais e acaba pulando em um trem em movimento – o Esquadrão Voador do circo Irmãos Benzini, o Maior Espetáculo da Terra. Admitido para cuidar dos animais, Jacob sofrerá nas mãos do Tio Al, o empresário tirano do circo, e de August, o ora encantador, ora intratável chefe do setor dos animais. É também sob as lonas dos Irmãos Benzini que Jacob vai se apaixonar duas vezes: primeiro por Marlena, a bela estrela do número dos cavalos e esposa de August, e depois por Rosie, a elefanta aparentemente estúpida que deveria ser a salvação do circo. “Água para Elefantes” é tão envolvente que seus personagens continuam vivos muito depois de termos virado a última página. Sara Gruen nos transporta a um mundo misterioso e encantador, construído com tamanha riqueza de detalhes que é quase possível respirar sua atmosfera.”

Água para Elefantes é um renomado best-seller mundial, muitas pessoas amam e aclamam esse livro e com isso surge grandes expectativas em relação a ele.

O livro é narrado pelo Jacob Jankowski que tem 90, ou 93 anos. Ele vive em uma casa de repouso e ao descobrir que um circo virá a cidade e todos seus colegas da casa vão até lá, ele começa a dividir conosco sua história de vida no circo.   

Jacob com seus 23 anos, cursava veterinária e tudo estava indo bem, assim que terminasse a faculdade iria trabalhar com seu pai, até que um dia ele recebe a notícia de que seus pais morreram em um acidente e com isso sua vida perde o rumo. Vendo que ele não tem dinheiro nenhum e está completamente sozinho, ele acaba em um trem do Esquadrão Voador do Circo Irmãos Benzini, o Maior Espetáculo da Terra.

Já no circo, Jacob cuida dos animais se tornando o veterinário de lá. Acaba se tornando próximo de August que é o chefe do setor dos animais, é uma pessoa que ora é amável, ora repugnante, porém ele se revolta com diversas atitudes de seu chefe, August é casado com Marlena uma artista do circo por quem Jacob se encantou desde a primeira vez que a viu, além dela, Jacob se apaixona por Rosie, a elefanta do circo, que no começo parece burra, mas acaba se revelando uma ótima artista.

A história é narrada como já disse, em primeira pessoa, pelo próprio Jacob e os capítulos vão se alternando entre o velho Jacob e o jovem e por incrível que pareça eu gostava mais das partes do velho Jacob, pois acho que a história em si não me agradou tanto.

Quando nos deparamos com livro renomado, as expectativas são incrívelmente altas e digamos que eu cai de um penhasco com Água para Elefantes, eu realmente levei um dos maiores tombos da minha vida, pois me decepcionei demais com ele. Até hoje não conheço uma pessoa que diz que essa leitura tenha sido ruim e isso me deixava muito empolgada para lê-lo, mas achei a narrativa lenta demais, não tinha nada de empolgante na história e achei ela água com açúcar, a única coisa que diferencia ela de outros tantos romances é que aborda um mundo circense e fala sobre um assunto muitíssimo sério, o maltrato dos animais nesse meio.

Os personagens são todos bem trabalhados e não achei que eles sejam rasos ou desinteressantes, mas acho que a história em si é desinteressante, não consegui me apegar a ela e fiquei um bom tempo enrolando para ler e sempre quando pegava o livro para ler, começava a pensar na vida e no que tinha para fazer no dia, mas acho que o que me fez lê-lo até o final foi por ele ser um livro tão elogiado.

Só para deixar claro, não achei uma história ruim, mas não foi uma das leituras que eu mais amei, Água para Elefantes infelizmente se tornou apenas mais um livro para mim, e consegui dar uma pontuação alta para o livro pelo fato dele relatar o abuso e maltrato contra os animais o que eu acho ser um tema muitíssimo importante.
 
 
🌺 Página 229

“Quando duas pessoas nascem para ficar juntas, elas ficarão juntas. É o destino.”

C360_2015-08-13-17-21-34-404[1]

 

barrinha-divisoria-16
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s