Resenha: O Enigma da Borboleta – Kate Ellison

barrinha-divisoria-16

O_ENIGMA_DA_BORBOLETA_1361284165BO Enigma da Borboleta
 

Autor: Kate Ellison
Editora: LeYa
Gênero: Literatura Estrangeira
Páginas: 312
Pontuação: 🌺 🌺 🌺 🌺
Sinopse: “Um suspense eletrizante onde qualquer movimento em falso pode ser fatal. Penélope Marin, ou simplesmente Lo, é uma adolescente um tanto incomum – ela sofre de transtorno obsessivo compulsivo, que ficou mais intenso depois da morte de seu irmão Oren. Além disso, Lo adora colecionar bibelôs, mesmo que tenha que roubá-los (Ela também tem traços de cleptomania). Num desses “resgates” – como ela mesma diz – Lo encontra uma bela borboleta, que pode ter colocado sua vida em perigo. Essa figura está ligada a um assassinato e Lo pode ser a única testemunha desse crime.”

Thriller psicológico se tornou um gênero que mais estou amando ler e O Enigma da Borboleta só fez esse amor crescer.
 
Em O Enigma da Borboleta conhecemos Penélope Marin, ou conhecida por todos como Lo. Ela é uma garota de 16 anos que logo no começo do livro por muito pouco não foi morta por uma bala perdida nas ruas de Neverlend, como é conhecida a parte leste da cidade e a mais perigosa também. E para piorar tudo essa mesma bala perdida que a quase matou, matou outra garota e que de bala perdida não tinha nada, pois essa garota era o alvo de quem a matou.
 
E é assim que a história começa, cheia de emoção e pode ficar surpreso pois o livro continua nessa onda de emoção até o final.
 
Lo não é uma adolescente normal, ela não tem amigos no colégio e também sobre pela ausência dos pais, seu pai não para de trabalhar nunca e sua mãe está com depressão além disso tudo, Lo sofre pela morte do irmão, Oren. E fora todas essas coisas ela sofre de TOC (transtorno obsessivo compulsivo) e de cleptomania, não medicada ela tem diversos surtos, desde repetições de gestos e frases, até a necessidade de pegar objetos que não são seus. E todo esse drama envolta da nossa personagem transforma a história incrível.
 
Depois de quase morrer e saber que aquela bala de perdida não tinha nada, ela volta até Neverland e em um mercado de pulgas encontra um colar e uma estatueta de borboleta e ela tem certeza que ambos pertencem a menina morta, então começa a investigar a morte da Sapphire, que é uma stripper de 19 anos.
 
E nessa busca por querer solucionar o assassinato de Sapphire, ela conhece Flynt, um artista e morador de Neverland. Ele começa a ajudá-la nesta busca, mas Lo não consegue saber quem é confiável ou não, em quem deve acreditar ou não e o desenrolar dessa incrível história só lendo mesmo.  
 
Lo consegue nos prender muito na trama, não conseguia parar de ler até descobrir junto com ela todos os mistérios envolvidos no assassinato da Sapphire e assim como ela também não sabia em quem era confiável ou não e O Enigma da Borboleta tinha tudo para ser como qualquer outro livro, mas a autora conseguiu transformá-lo em algo único e encantador.
 
Para quem ama um thriller psicológico ou quer sair da sua zona de conforto O Enigma da Borboleta é com toda certeza é uma ótima sugestão.
 
 
🌺 Página 142
 
“Talvez as coisas nas quais achamos que temos que acreditar sejam aquelas que acabam nos matando, quando descobrimos que estávamos errados a respeito de tudo.”

C360_2015-09-17-14-43-49-678[1]

barrinha-divisoria-16

Anúncios

4 comentários sobre “Resenha: O Enigma da Borboleta – Kate Ellison

  1. Pingback: Book haul: Setembro 2015 | Reino das Palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s