Resenha: O Jovem Sherlock Holmes (Nuvem da Morte) – Andrew Lane

barrinha-divisoria-16

NUVEM_DA_MORTE_1309985633BO Jovem Sherlock Holmes | Nuvem da Morte

Autor: Andrew Lane
Editora: Intrínseca
Gênero: Literatura Estrangeira
Páginas: 288
Pontuação: 🌺 🌺 🌺

Sinopse: “Sherlock Holmes tem apenas catorze anos quando, ao caminhar por um bosque, descobre um cadáver. Trata-se de um homem. Está coberto de pústulas. É então que Holmes começa uma nova vida. Sua mente destemida e a sede de aventuras conduzem-no por uma jornada capaz de deixar qualquer um sem fôlego: da tranquilidade da vida no campo ao submundo das docas londrinas, enfrentando fogo, espionagem e sequestros, até o cerne de uma aterrorizante trama que poderá mudar o futuro da Grã-Bretanha. “Um lampejo de cor em meio às árvores chamou sua atenção: manchas vermelhas sobre um fundo branco. Sherlock chegou mais perto, pensando que se tratasse de um cogumelo gigante no chão, mas havia algo no formato daquilo que o incomodava. Parecia… Uma nuvem de fumaça começou a desprender-se do objeto justamente quando Sherlock o reconheceu: o corpo retorcido de um homem caído no chão. A fumaça dissipou-se, levada pela brisa, mas não havia nenhum sinal de fogo. Por um momento Sherlock pensou que o homem estivesse deitado ali fumando um cachimbo, por algum motivo com o rosto envolto em um lenço branco de estampas vermelhas. Ao aproximar-se, contudo, percebeu que as manchas vermelhas não eram marcas em um cogumelo nem estampas em um lenço branco.”” 


É muito complicado quando estamos falando de alguma adaptação de Sherlock Holmes, pois sou fascinada por esse detetive e sei que muitos outros também são. E em O Jovem Sherlock Holmes, encontramos uma adaptação da vida e adolescência desse detetive apresentada pelo autor.

Nesta adaptação, Sherlock Holmes tem apenas 14 anos, é um jovem extremamente inteligente, nascido de uma família influente. Ele não possui amigos na escola e o único momento de felicidade e liberdade que tem é nas férias de verão, já que vai para casa da família.  

Porém, no final do ano letivo, seu irmão, Mycroft Holmes, dá a notícia de que não poderá passar as férias em casa e que irá passar esse tempo na casa dos tios que nunca conheceu, em Farnham.

Com raiva, o pequeno Holmes acha que terá as férias mais monótonas da sua vida e ele nem imagina que irá viver uma grande aventura que dará início a sua carreira como detetive. Principalmente tendo como

Mas se você pensa que ele viverá essa grande aventura sozinho, está enganado, pois logo que chega na cidade acaba se tornando amigo de Matthew Arnatt, um órfão morador de rua que acabou de presenciar uma morte muito estranha, afirmando que viu uma nuvem negra.

E também temos Amyus Crowe, um homem inteligente que fora contrato pelo seu irmão para ser seu tutor e durante sua primeira lição com o professor, Holmes encontra um corpo com a mesma nuvem negra que Matt descrevera e é a partir daí que tudo começa;

Amyus é quem ajuda Sherlock a pensar, usar o raciocínio e a lógica e com isso, tanto os dois quanto Matt e Virgina Crowe, filha de Amyus, se envolvem nesta aventura e com isso acabam correndo um grande perigo.

A narrativa é em terceira pessoa, mas o foco é totalmente no pequeno Holmes, nos fazendo embarcar em todas as suas aventuras. O autor conseguiu desenvolver bem a história, mesmo quando o desfecho de todo o livro aconteceu bem na metade do livro. Algo na escrita dele me incomodou, sei que muitos adoram a escrita do Andrew Lane, mas tive muita dificuldade em conseguir ler o livro, demorei uma semana para ler menos de trezentas páginas, não consigo dizer o que me incomodou, mas teve algo e vale lembrar que isso é apenas a minha opinião.

Se você gosta de uma boa aventura e ainda mais de Sherlock Holmes, vale a pena conferir O Jovem Sherlock Holmes – Nuvem da Morte! E para aqueles que acham que o livro acaba por ai, está enganado, ele é uma série de cinco livros.

 

🌺 Página 174

“Mentir é estressante, porque é preciso prestar atenção a duas coisas diferentes ao mesmo tempo: a verdade que se deseja esconder e a mentira que se tenta contar.”

C360_2016-01-27-18-25-00-139

barrinha-divisoria-16

Anúncios

4 comentários sobre “Resenha: O Jovem Sherlock Holmes (Nuvem da Morte) – Andrew Lane

    • Eu gosto muito do Sherlock Holmes e já tinha lido algumas coisas sobre ele e principalmente visto várias séries e filmes, então fiquei super interessada no livro, mas é um livro bom, acho que quem gosta e tem curiosidade sobre esse detetive deveria se aventurar. 😉

      Beijinhos. 😚💕

      Curtido por 1 pessoa

  1. Pingback: Book haul: Janeiro 2016 | Reino das Palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s