Resenha: A Descoberta das Bruxas – Deborah Harkness

barrinha-divisoria-16

A_DESCOBERTA_DAS_BRUXAS_1394585357B.jpgA Descoberta das Bruxas (Trilogia das Almas)

Autor: Deborah Harkness
Editora: Rocco
Gênero: Literatura Estrangeira
Páginas: 781
Pontuação: 🌺 🌺 🌺 🌺 🌺

Sinopse: “A professora Diana Bishop foi convencida pelo medo de que é melhor ser humana do que bruxa. Mas quando descobre um antigo manuscrito com a origem de espécies sobrenaturais, fica muito próxima do mundo do qual sempre fugiu.
Demônios e vampiros passam a cruzar seu caminho, e o instinto de sobrevivência dessas criaturas faz Diana ser uma presa vulnerável.
Até que ela seja capaz de dominar os próprios dons e usar seus poderes.” 


O livro conta a história de Diana Bishop, bruxa e historiadora. Ela é a última descendente de um dos clãs de bruxas mais famosos da história, o clã das Bishop. Diana foi criada por sua tia Sarah e por Emily Mather, pois seus pais, Rebecca Bishop e Stephen Proctor, foram assassinados quando ainda era muito pequena.

E desde a morte de seus pais, que possivelmente for humanos tentando estudar a magia dele em um tipo de ritual, ela se fechou para todos os seus poderes e tenta viver uma vida normal sem usar magia.

Diana está em Oxford preparando uma tese sobre alquimia, tentando provar que há mais ciência do que magia nesta área, quando encontra um manuscrito, Ashmole 782, que logo sente que está carregado de magia e depois de examiná-lo, ela devolve o mais rápido para a biblioteca.

O que não sabia é que o Ashmole 782 estava perdido a milhares de nos e que todas as bruxas, vampiros e demônios estavam atrás dele, pois este livro guarda os maiores segredos de todas as criaturas e até alguns dizem que até quais são suas origens.

E quando todas as criaturas descobrem que ela conseguiu por as mãos no manuscrito, Diana começa a ser perseguida por todos e entre seus perseguidores está o vampiro Matthew Clairmont, um cientista que se torna cada vez mais próximo dela o que torna um problema aos olhos de todas as criaturas, pois não as espécies não podem se misturar.

Não posso falar mais sobre a história e sobre os outros personagens que vão aparecendo pois tirará todo o mistério do livro, então só lendo para entender tudo.

Por se tratar de bruxas, vampiros e demônios os humanos se tornam apenas figurantes e não fazem nenhuma diferença na história, pelo menos não por enquanto, até porque todos esses seres vivem da forma mais humanizada possível, para não chamarem muita atenção.

Ao longo da história conhecemos diversos personagens e cada um deles são muito bem abordados e estruturados cada um tem suas diferenças e seus problemas agregando muito para a história enriquecer ainda mais.

O livro é basicamente narrado em primeira pessoa, pela Diana, tirando alguns capítulos que são narrados em terceira pessoa, a escrita é fluída mesmo quando se trata de assuntos como alquímica. Deborah Harkness nos aborda diversos temas, desde genética, segregação até Charles Darwin de uma maneira esplendorosa.

A Descoberta das Bruxas é um livro totalmente envolvente, te prende do começo ao fim, tem ação nos momentos certos, mas muito do livro é tomado por diversos diálogos teóricos e com muito conhecimento histórico confesso que tive muita dificuldade de terminá-lo, pois simplesmente não queria deixar esse universo tão mágico, me apeguei a todos os personagens e me apaixonei por todos. E o melhor de tudo é que este livro faz parte da Trilogia das Almas, então têm mais dois livros ainda para se aventurar. E apesar do livro ter 700 páginas é apenas uma introdução para os outros livros, o que torna ainda melhor.

Comecei o ano lendo um livro maravilhoso, profundo e intenso, se tornou um dos meus favoritos e espero que se interessem e deem uma chance para A Descoberta das Bruxas.

 

🌺 Página 88

“Tudo o que se tem que fazer é ser um bom ouvinte. Na verdade ninguém gosta de guardar segredos, nem os mortos. As pessoas deixam pistas por todos os lados e, se você presta atenção, consegue juntá-las.”

C360_2016-01-02-20-59-12-522

barrinha-divisoria-16

Desejado do momento: Cem Anos de Solidão + Perdão Mortal

barrinha-divisoria-16

Oi, oi gente.

Hoje queria compartilhar mais um Desejado do momento com vocês. 😍 

Os livros que trouxe hoje é Cem Anos de Solidão que caiu na minha wishlist de um modo bem inesperado, esses dias estava na livraria vendo uns livros e uma mulher estava procurando uns livros e não conseguiu achar e fui tentar ajudá-la e em meio a isso começamos a conversar sobre livros e sobre o blog e ela disse que eu deveria de todas as formas ler Cem Anos de Solidão e quando peguei a sinopse do livro logo me interessei! E o outro livro é Perdão Mortal, que parece ser uma história incrível e envolvente.  


CEM_ANOS_DE_SOLIDAO_1403957768BCem Anos de Solidão

Autor: Gabriel García Márquez
Editora: Record
Páginas: 448
Sinopse: ““Muitos anos depois, diante do pelotão de fuzilamento, o Coronel Aureliano Buendia havia de recordar aquela tarde remota em que seu pai o levou para conhecer a fábrica de gelo”… Com essa frase antológica, García Marquéz, Prêmio Nobel de Literatura de 1982, introduz a fantástica Macondo, um vilarejo situado em algum recanto do imaginário caribenho, e a saga dos Buendia, cujo patriarca, Aureliano, fez trinta e duas guerras civis… e perdeu todas. García Marquéz já despontava como um dos mais importantes escritores latino-americanos, no início da década de 1970, quando Cem anos de solidão começou a ganhar público no Brasil. O livro causou enorme impacto. Na época, o continente estava pontilhado de ditaduras. Havia um sentimento geral de opressão e de impotência. Então, essa narrativa em tom quase mítico, em que o tempo perde o caminho, em que os episódios testemunhados e vividos acabam se incorporando às lendas populares, evoca nos leitores uma liberdade imemorial, que não pode ser arrebatada. E tão presente. Tão familiar e necessária. Em Macondo, os mortos envelhecem à vista dos vivos e os anjos chegam, sempre, em dezembro. Entretanto, García Marquéz nunca aceitou que suas narrativas fossem rotuladas como fantasia. Talvez porque isso exilasse Macondo num outro mundo, que nem a solidão ou a liberdade pudessem alcançar. Cem anos de solidão é a mais pura história do povo latino-americano. Mas ultrapassa o momento e expõe a alma dessa história – ou como é vivenciada.” 


PERDAO_MORTAL_1438251282518855SK1438251282BPerdão Mortal

Autor: Robin LaFevers
Editora: V&R Editoras Brasil
Páginas: 408
Sinopse: “Por que ser uma ovelha, quando você pode ser o lobo? Ismae Rienne, dezessete anos, escapa da brutalidade de um casamento arranjado no santuário do convento de São Mortain, onde as irmãs ainda servem deuses antigos. Lá ela aprende que o deus da Morte abençoou-a com perigosos dons e um violento destino. Se ela optar por ficar no convento, será treinada como uma assassina e servirá a Morte. Para reclamar sua nova vida, deve destruir a vida de outros. A mais importante atribuição de Ismae leva-a direto para o tribunal superior da Bretanha—onde se encontra terrivelmente sob preparada não só para os jogos mortais de intriga e traição, mas pelas impossíveis escolhas que deve fazer. Como entregar a vingança da Morte em cima de um alvo que, contra sua vontade, roubou seu coração?” 


Então é isso, espero que tenham gostado e comentem aqui quais livros vocês estão desejando no momento, ou se já leram Cem Anos de Solidão ou Perdão Mortal, comentem o que acharam deles. 😉 

barrinha-divisoria-16

Resenha: O Circo da Noite – Erin Morgenstern

barrinha-divisoria-16

O_CIRCO_DA_NOITE_1428111291210278SK1428111291BO Circo da Noite 

 

Autor: Erin Morgenstern
Editora: Intrínseca
Gênero: Literatura Estrangeira
Páginas: 365
Pontuação: 🌺 🌺 🌺 🌺

Sinopse: “Sob suas tendas listradas de preto e branco uma experiência única está prestes a ser revelada: um banquete para os sentidos, um lugar no qual é possível se perder em um Labirinto de Nuvens, vagar por um exuberante Jardim de Gelo, assistir maravilhado a uma contorcionista tatuada se dobrar até caber em uma pequena caixa de vidro ou deixar-se envolver pelos deliciosos aromas de caramelo e canela que pairam no ar. Por trás de todos os truques e encantos, porém, uma feroz competição está em andamento: um duelo entre dois jovens mágicos, Celia e Marco, treinados desde a infância para participar de um duelo ao qual apenas um deles sobreviverá. À medida que o circo viaja pelo mundo, as façanhas de magia ganham novos e fantásticos contornos. Celia e Marco, porém, encaram tudo como uma maravilhosa parceria. Inocentes, mergulham de cabeça num amor profundo, mágico e apaixonado, que faz as luzes cintilarem e o ambiente esquentar cada vez que suas mãos se tocam. Mas o jogo tem que continuar, e o destino de todos os envolvidos, do extraordinário elenco circense à plateia, está, assim como os acrobatas acima deles, na corda bamba.” 


Dois mágicos, uma aposta, os envolvidos não sabem as regras de um jogo insano, um circo como palco para o espetáculo, mas não qualquer circo o Le Cirque des Rêves.

Conhecemos Celia Bowen, filha de Próspero, O mágico, ela têm certos dotes para magia e ilusão e por conta do autoritarismo e arrogância o pai obriga Celia entrar em uma competição contra outro aprendiz, de um velho amigo, Alexander.

Enquanto Celia é treinada durante anos sem saber direito sobre as regras do jogo e muito menos quem é seu adversário, Alexander encontra seu aprendiz, Marco, que começa a ensinar a ele tudo que é capaz. Porém, assim como Celia, Marco não tem nenhuma resposta quando se pergunta sobre as regras do jogo em que foi colocado, não sabendo quando e onde irá acontecer e nem que é sua adversária.

Com o passar do tempo os oponentes vão dominando e se tornando mais hábeis e com isso um um local é dado, um circo. O Le Cirque des Rêves (O Circo Dos Sonhos), que é um lugar mágico que só funciona após o anoitecer e fecha ao amanhecer, dentro do circo tudo é possível, como um sonho.

Enquanto Celia é a ilusionista do Circo, deixando seu público extasiado a cada apresentação e cuidando de algumas estruturas do mesmo. Marco trabalha nos bastidores, não acompanha o circo, mas sempre está realizando mudanças, com o intuito de vencer o jogo.

Quando percebem que suas mágicas unidas podem ser melhores do se agirem separados, seus mestres começam a se preocupar.

O livro conta a mesma história em dois tempos, um no final do século XIX (Europa) e outro no século XX (EUA), então tem que prestar atenção nas datas para não se sentir perdido.

Uma das coisas que mais gostei do livro foi que em certas partes a autora nós coloca dentro do circo e nos faz ter experiências como qualquer outro visitante do mesmo, e ela descreve tão bem que você realmente acha que está vivenciando aquele momento, sentindo as texturas e os cheiros, foi uma experiência incrível que nunca tive igual.

A leitura de O Circo da Noite é bem cansativa em certos momentos, mas mesmo assim vale muito a pena entrar de cabeça e se deixar levar por essa história maravilhosa, encantadora e recheada de magia.

 

🌺 Página 181

“- É díficil entender uma situação objetivamente quando se está envolvido com ela – explica Tsukiko. – Tudo é muito familiar. Muito confortável.”

C360_2016-01-13-18-19-26-790

barrinha-divisoria-16

Desafio e Maratonas: Desafio Literário de 2016

barrinha-divisoria-16

Oi, oi gente. 💕

Este ano decidi divulgar para todos os leitores o meu Desafio Literário de 2016, pois vamos ser sinceros, quem não adora um desafio?  

A lista contêm 15 desafios, então digamos que não é um desafio muito difícil, certo? Mas a idéia é incentivar a leitura, conhecer novos autores, novos mundos e sair daquela nossa zona de conforto.

Espero que todos gostem e participem comigo! 


desafio-literario-2016

🌺 Regras:

🌺 Todos os livros devem ser lidos em 2016;

🌺 Um livro não pode ser repetido em categorias diferentes;

Completou algum desafio, venha aqui e me conte qual completou e qual livro leu, quem sabe assim não podemos nos ajudar? 💖

barrinha-divisoria-16

 

TAG: Bang!

barrinha-divisoria-16

faking-it1

Oi, oi gente. ✌

Hoje eu vim responder um TAG simplesmente maravilhosa, que é super divertida e logo de cara, amei. Quem criou a TAG: Bang! foi o queridíssimo Wemerson do Nerd Books e foi o mesmo que me indicou. Então muitíssimo obrigada por ter me indicado para responder essa TAG e obrigada por tê-la criado. 💕

As regras são:

🌺 Copiar e colar a logo da Tag que está acima;

🌺 Responder todas as questões com suas próprias palavras;

🌺 Creditar quem te marcou;

🌺 Convidar outros blogs para participar; 


Vem na maldade com vontade
chega encosta em mim
Hoje eu quero e você sabe
que eu gosto assim

ah, ah, ah, ah, ah
ah, ah, ah, ah, ah
ah, ah, ah, ah, ah
ah, ah, ah, ah, ah

ezgif-com-resize

🎵 “Bang (bang) dei meu tiro certo em você” – Livro que você comprou sem ter ouvido falar e acertou em cheio.

QUANDO_AS_SEREIAS_CHORAM_1404353298B
Com toda certeza é Quando as Sereias Choram, pois acabei o comprando pois estava muito barato e porque sua capa era linda, mas não sabia nada sobre a história e nem sobre a autora, mas acertei em cheio, recomendo a todos.

🎵 “Deixa que eu faço acontecer Tem que ser assim pra me acompanhar pra chegar” – Série literária que pretende ler ou terminar.

120902754_1GG
Quero terminar a série Os Heróis do Olimpo, espero que eu consiga ainda este ano!

🎵 “Então vem, não sou de fazer muita pressão Mas não vou ficar na tua mão” – Livro que fez seus amigos se apaixonarem, mas com você ocorreu o contrário.

CIDADES_DE_PAPEL_1444870382330717SK1444870382B
Cidades de Papel foi a minha  maior decepção, a maioria das minhas amigas amam este livro, mas eu tentei e não consegui.

🎵 “Se você quiser não pode vacilar demorar” – Livro que leu em menos dias.

O_OCEANO_NO_FIM_DO_CAMINHO_1369426298B.jpg
O Oceano no Fim do Caminho, sei que já citei este livro várias vezes, mas eu o terminei em poucas horas de tão bom!

🎵 “Ihh, pra te dominar virar tua cabeça” – Livro ou série que você mais indica aos seus amigos.

A_TERRA_INTEIRA_E_O_CEU_INFINITO_1396105646B.jpg
Sou daquele tipo de pessoa que se gostei do livro já estou recomendado para todos, mas se eu tivesse que escolher só um, escolheria A Terra Inteira e o Céu Infinito. Ele é um dos meus livros favoritos, ele tem uma história maravilhosa e queria que todos pudessem lê-lo.

🎵 “Eu vou continuar te provocando” – Série que te chama atenção, mas não parou para ler ainda.

ArquivoExibir
A Seleção, sempre tive vontade de ler, mas nunca cheguei a comprar os livros.

🎵 “Ihh, pra escandalizar dar a volta por cima” – Livro que você pensou em desistir e do nada ficou bom.

O_INVERNO_DAS_FADAS_1340055071B
O Inverno das Fadas foi um livro que o começo no começo eu só pensava em desistir, mas o final foi até que legal.

🎵 “Não vou parar, até te ver pirando” – Livro ou série que pretende ler em 2016.

Trilogia dos Primos O'Dwyer - arqueiro2015
Quero ler tantos livros e tenho que terminar tantas séries… Mas se eu pretendo terminar a trilogia Primos O’Dwyer!


🌺 Blogs indicados:

Caçadoras de Spoiler

A Estante Amarela

Livros e Vitrolas

Petite Aquarelle

Alugue Sorrisos 


Espero que tenham gostado da TAG do mesmo jeito que eu amei e queria agradecer mais uma vez o Wemerson por ter me indicado e bom indiquei alguns blogs que eu adoro, mas se você que não foi indicado e quiser participar, fique a vontade. 😉

barrinha-divisoria-16

Resenha: Half Bad – Sally Green

barrinha-divisoria-16

HALF_BAD_1403809972B

Half Bad

Autor: Sally Green
Editora: Intrínseca
Gênero: Literatura Estrangeira
Páginas: 304
Pontuação: 🌺 🌺 🌺 🌺 🌺

Sinopse: “Nathan, filho de uma bruxa da Luz com o mais poderoso e cruel bruxo das Sombras. O adolescente vive com a avó e os meios-irmãos e é visto como uma aberração por seus pares. O Conselho dos Bruxos da Luz vê nele uma ameaça, que precisa ser domada ou exterminada. Prestes a completar dezessete anos – época em que todos os bruxos passam por uma cerimônia em que seu dom é finalmente revelado bem, como sua denominação como bruxo da Luz ou das Sombras –, agora Nathan terá que correr contra o tempo para achar o pai, que jamais teve oportunidade de conhecer, e salvar a própria pele.” 


A autora nos apresenta uma Inglaterra onde bruxos e humanos convivem lado a lado. Os bruxos são divididos em duas classes: os bruxos da Luz, que são conhecidos pelos bons atos e por sua justiça, e os bruxos das Sombras, que são a origem de todo o mal. Nathan, é um brux (denominação de um bruxo que não realizou a cerimônia, onde é revelado o dom do bruxo) e sua família faz parte dos bruxos da Luz, menos ele.

Nathan, nasceu de um amor proibido, sua mãe, uma bruxa da Luz, e seu pai, um bruxo das Sombras, sendo assim considerado uma aberração pelo Conselho de Bruxos da Luz, pois ele é um meio-sangue, além de ser um meio-sangue é filho do bruxo das Sombras mais poderoso e mais procurado por ele, por vários assassinatos que cometeu e acusado de ter matado a mãe de Nathan, o marido dela e ter deixado três filhos órfãs para serem cuidados pela avó materna. Com tudo isso, o Conselho faz de tudo para controlar a vida de Nathan, sabendo onde vai, o que faz, com quem anda e se anda tendo interesse por seu pai.

Depois de vários situações tristes que acontecem com Nathan, ele se vê quase na idade de completar idade para realizar a cerimônia (quando um brux completa dezessete anos, eles precisam fazer uma cerimônia para descobrirem seu dom como bruxo, nessa cerimônia um parente tem que dar três presentes e o seu sangue para o brux beber, fazendo-o descobrir qual será seu dom) e não tem nenhum parente que faça esse ritual para ele.

E se ele não completar esse ritual, ele pode morrer e é ai que toda a aventura começa, Nathan tenta conseguir uma maneira de revelar seus dons e saber se ele é um bruxo da Luz ou da Sombra.

Não posso falar mais do que isso, pois será spoiler, então só lendo para saber tudo o que irá acontecer com o nosso querido Nathan.

Já vi muitas pessoas comparando Half Bad com Harry Potter por simplesmente se tratar de bruxos e bruxas, mas vou deixar isso claro, não tem como comparar eles, tanto HP quando HB tem histórias totalmente distintas, a única semelhança é por se tratar de um universo onde existem bruxos e bruxas, só.

O começo do livro é um tanto confuso, pois a autora começa pelo meio da história fazendo o leitor se sentir perdido, mas com o passar dos capítulos toda aquela confusão inicial começa a fazer sentido.

Acabei lendo o livro em dois dias de tão envolvente que é, realmente tirei o dia para lê-lo pois queria saber tudo o que ia acontecer, como iria se resolver, se ele iria alcançar suas metas e não me decepcionei em nada em relação ao livro, a história é ótima, os personagens são cativantes e envolventes, a escrita é muito fluída e o melhor de tudo Half Bad é uma trilogia, então você termina o primeiro livro já querendo o segundo.

Para quem gosta de se envolver em universos mágicos, cheio de aventuras e mistérios tenho certeza que irá amar Half Bad.

 

🌺 Página 14

“O truque é não se importar. Não se importar com a dor, não se importar com nada.”

C360_2016-01-06-18-09-53-942

barrinha-divisoria-16

Book haul: Dezembro 2015

barrinha-divisoria-16

C360_2016-01-03-17-49-34-092_meitu_1

Oi, oi gente. 🙈

Mês de dezembro é sempre o mais apertado para mim e faço de tudo para não comprar nenhum livro, pois acabo gastando dinheiro com presentes e todas essas despesas de final de ano. Apesar de serem dois, eu tentei ao máximo não pedir outros livros pois estou com alguns acumulados para ler e se eu compro novos não dou atenção para os outros, então espero que esse mês eu consiga ler todos eles, hehe.


C360_2016-01-03-17-43-11-776

A Descoberta das Bruxas

Autor: Deborah Harkness
Editora: Rocco
Gênero: Literatura Estrangeira
Páginas: 781
Sinopse: “A professora Diana Bishop foi convencida pelo medo de que é melhor ser humana do que bruxa. Mas quando descobre um antigo manuscrito com a origem de espécies sobrenaturais, fica muito próxima do mundo do qual sempre fugiu. Demônios e vampiros passam a cruzar seu caminho, e o instinto de sobrevivência dessas criaturas faz Diana ser uma presa vulnerável. Até que ela seja capaz de dominar os próprios dons e usar seus poderes.” 


C360_2016-01-03-17-44-32-820O Jovem Sherlock Holmes: Nuvem da Morte

Autor: Andrew Lane
Editora: Intrínseca
Gênero: Literatura Estrangeira
Páginas: 288
Sinopse: “Sherlock Holmes tem apenas catorze anos quando, ao caminhar por um bosque, descobre um cadáver. Trata-se de um homem. Está coberto de pústulas. É então que Holmes começa uma nova vida. Sua mente destemida e a sede de aventuras conduzem-no por uma jornada capaz de deixar qualquer um sem fôlego: da tranquilidade da vida no campo ao submundo das docas londrinas, enfrentando fogo, espionagem e sequestros, até o cerne de uma aterrorizante trama que poderá mudar o futuro da Grã-Bretanha. “Um lampejo de cor em meio às árvores chamou sua atenção: manchas vermelhas sobre um fundo branco. Sherlock chegou mais perto, pensando que se tratasse de um cogumelo gigante no chão, mas havia algo no formato daquilo que o incomodava. Parecia… Uma nuvem de fumaça começou a desprender-se do objeto justamente quando Sherlock o reconheceu: o corpo retorcido de um homem caído no chão. A fumaça dissipou-se, levada pela brisa, mas não havia nenhum sinal de fogo. Por um momento Sherlock pensou que o homem estivesse deitado ali fumando um cachimbo, por algum motivo com o rosto envolto em um lenço branco de estampas vermelhas. Ao aproximar-se, contudo, percebeu que as manchas vermelhas não eram marcas em um cogumelo nem estampas em um lenço branco.”” 


O book haul não foi enorme, mas espero que tenham gostado. As minhas leituras também não foram muitas, o mês foi bem corrido e a cada minutinho que tinha pegava um livro para ler, então eu li O Silêncio das Montanhas que já tem resenha, Passarinha que já foi resenhado, O Príncipe Congelado, resenha aqui, Half Bad e O Circo da Noite que em breve terão resenha.

Espero que tenham gostado e me contem quais livros compraram e ganharam no Natal e o que leram durante o mês, e se já leram os livros que comprei nesse book haul e/ou os que li durante o mês, comentem o que acharam deles. 😉

barrinha-divisoria-16